Homenagem a todos os Bombeiros Militares que tombaram em serviço

Publicado em
07-05-2020

Imagem CBMERJA Subsecretaria Militar do GSI homenageia no dia de hoje todos os bombeiros militares mortos em serviço.
O dia 07 de maio é uma data consagrada para tal homenagem por fazer alusão a um marco simbólico, considerado até hoje a pior tragédia envolvendo Bombeiros Militares que tombaram no cumprimento de seu dever: a tragédia na Ilha do Braço Forte.
“No dia 06 de maio de 1954, às 21:00 h, o posto Moraes Antas, do Corpo de Bombeiros da 1ª zona, recebeu um alerta de pedido de socorro de incêndio que havia deflagrado na Ilha do Braço Forte, situada na Baía da Guanabara.  Dezesseis (16) militares embarcaram na lancha General Cunha Pires, sob o comando do Major Gabriel da Silva Teles e partiram rumo ao sinistro, despreocupados, pois parecia um socorro de rotina para nossos bravos heróis. 
O incêndio, que já vinha lavrando desde às 21:00h do dia 06, alastrava-se vagarosamente, e não parecia mesmo de proporções alarmantes. Já passava da meia noite e nossos heróis faziam o combate às chamas, quando ocorreu a dantesca explosão que de tão forte e estrondosa foi ouvida em vários cantos do nosso Estado, inclusive em Teresópolis. Aquele punhado de bravos, como folhas secas, foram aos ares. Consumara-se a tragédia: 17 bravos heróis mortos em combate.”
Prestamos nossa solidariedade a todos os familiares que perderam seus entes queridos enquanto estavam no cumprimento de seu dever.